freedie mercury

cinema

Bohemian Rhapsody (Filme) e minha falta de conhecimento sobre Queen


1 Comentário

WeirdAltruisticAfricanwilddog-max-1mb

ATENÇÃO!!! Este texto contém spoiler!

Há duas semanas tive o privilégio de assistir a Bohemian Rhapsody – uma cinebiografia da vida dos integrantes do Queen – como foco na vida do vocalista Freddie Mercury. O que mais me chamou atenção foi, que após assistir ao filme e ver alguns vídeos sobre, descobri o quão desinformada sou sobre a vida desses artistas e principalmente me senti uma verdadeira POSER do mundo do rock.

Por mais que os críticos digam que há um sério problema cronológico em relação a ocorrência dos fatos, o filme conseguiu provocar reflexão e passar uma boa mensagem em relação a todos os integrantes da banda. Com exceção de Paul Prender que foi pintado como um verdadeiro cretino-falsiane-do-caramba – e sim, ele não é membro da banda.

Em relação ao longa, chorei muito, cantei muito e pude observar uma característica muito interessante vinda de Freddie Mercury: ele amava pessoas. Não importava se era homem ou mulher, simplesmente ele amava quem tinha que amar naquele momento. Ele era muito maior que qualquer definição sobre sua sexualidade. E isso fez com que eu o admirasse ainda mais.

Ele era uma pessoa corajosa, não tinha medo de inovar e pensar em algo novo. Ele desafiou produtores musicais e provou que era capaz de ir até o fim com o que ele acreditava que daria certo e de fato deu muito certo. Esse é o tipo de lição que todos nós, sonhadores, deveríamos nos inspirar.

Outro ponto bem importante foi a relação duradoura entre Freddie e Mary Austin. Aquele amor confuso, porém intenso deve ter sido surpresa para muitos desinformados sobre a vida do cantor – assim como eu. Houve momentos em que ele não soube lidar com a situação da separação, pois mesmo não sentindo mais atração física pela jovem, ele queria estar próximo a ela. Porém ela não podia parar sua vida em razão de Freddie, precisava seguir em frente. É admirador saber que Mary foi sua amiga até o leito de morte. Esse ato torna-se uma admirável lição para nós, pessoinhas que não sabem lidar com seus antigos parceiros.

Após assistir o longa, como havia comentado, pesquisei alguns vídeos que falavam sobre o mesmo e talvez lhe ajude a tirar algumas conclusões. (Mas só recomendo que assistam após ver o filme).

E meta para o futuro: ler a biografia!

Seguem os links:

AS MENTIRAS DE BOHEMIAN RHAPSODY | CRÍTICA – Vale a Pena Assistir? – https://www.youtube.com/watch?v=TURoqp8UbhI&t=148s

FREDDIE MERCURY e os MISTÉRIOS por trás da LENDA – Desenterrando  – https://www.youtube.com/watch?v=s4bMnOiV2Fw

10 CURIOSIDADES SOBRE BOHEMIAN RHAPSODY, O FILME DO QUEEN! – https://www.youtube.com/watch?v=8r1vcemx6uU

Por hoje é só meus queridos!